quarta-feira, 18 de março de 2015

Homens de Preto 3

Boris, o animal (Jemaine Clement) é um criminoso extraterrestre que foge de sua prisão na Lua. Seu objetivo ao voltar à terra é retornar ao passado para eliminar o agente K (Tommy Lee Jones) antes que ele o prenda e o envie para esse sistema penitenciário lunar de segurança máxima. "Homens de Preto" é uma dessas franquias que Hollywood tem de manter para manter seus cofres cheios. O filme é baseado em uma história de quadrinhos de segundo escalão que acabou encontrando seu nicho no cinema. O projeto foi a forma que Will Smith encontrou para retornar às telas em grande estilo. Ele estava afastado do cinema desde 2008 e alegou recentemente em entrevistas que se ausentou durante esses quatro anos porque simplesmente não encontrou um roteiro que lhe agradasse. Na realidade o fato é que Will Smith vem enfrentando um verdadeiro inferno astral em sua vida particular. Seu casamento acabou e atualmente ele tem sido o alvo preferido dos tablóides americanos e ingleses por causa de sua suposta opção sexual. Um sujeito tem feito barulho nesses jornais afirmando que teve um longo e duradouro envolvimento amoroso com o ator.

Deixando essas fofocas de alcova de lado vamos ao filme em si. MIB 3 é bem melhor que o filme anterior da franquia que realmente era muito sem graça, forçado e boboca. Isso não significa que ele seja bom. Na realidade os produtores optaram por um roteiro um pouco mais inteligente que lida com viagens no tempo. O argumento inclusive lembra outros filmes de ficção famosos como "Exterminador do Futuro" e "De Volta Para o Futuro" mas nada tão bem trabalhado como se vê nessas produções. No fundo é uma comédia escapista, com pontuais momentos de humor e ação que tenta pegar carona em fatos históricos importantes (como a ida do Homem à lua). Nada é obviamente levado muito à sério. O que salva MIB 3 de ser totalmente banal é justamente esse argumento de levar o agente J (Will Smith) para o ano de 1969. Os ETs são mostrados tais como eram vistos nos filmes e seriados da época (como "Jornada nas Estrelas" e "Perdidos no Espaço"). A idéia é bem bolada mas poderia ter sido melhor aproveitada. Não há muitos choques culturais quando o agente J volta no tempo. Há uma única cena, um leve incidente mostrando o racismo de dois policiais da época, que procura mostrar a cultura racista dos anos 60, mas tudo muito superficial mesmo. Em conclusão podemos dizer que "Homens de Preto 3" é um filme pipoca que se propõe a apenas divertir e nada mais. Poderia ter sido muito mais imaginativo e divertido mas do jeito que está até que não é um produto chiclete tão ruim assim. Recomendado mais para a garotada de até 14 anos, os mais velhos certamente torcerão o nariz.


Homens de Preto 3 (MIB 3, EUA, 2012) Direção: Barry Sonnenfeld / Roteiro: Etan Cohen baseado nos quadrinhos MIB de Lowell Cunningham / Elenco: Will Smith, Tommy Lee Jones, Josh Brolin, Emma Thompson / Sinopse: Boris, o animal (Jemaine Clement) é um criminoso extraterrestre que foge de sua prisão na Lua. Seu objetivo ao voltar à terra é retornar ao passado para eliminar o agente K (Tommy Lee Jones) antes que ele o prenda e o envie para esse sistema penitenciário lunar de segurança máxima.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário