quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Extinção Humana

Título no Brasil: Extinção Humana
Título Original: Exit Humanity
Ano de Produção: 2011
País: Canadá
Estúdio: Foresight Features, Optix Digital Pictures
Direção: John Geddes
Roteiro: John Geddes
Elenco: Mark Gibson, Adam Seybold, Dee Wallace, Bill Moseley
  
Sinopse:
Durante a guerra civil americana o soldado confederado Edward Young (Mark Gibson) descobre que há algo muito terrível acontecendo. Pessoas que morrem no campo de batalha continuam vivas, se tornando verdadeiros zumbis em busca de carne humana. Após o fim da guerra ele consegue retornar para seu pequeno rancho, porém descobre que sua esposa e seu filho estão contaminados por essa terrível praga. Ele vê então toda a sua vida e felicidade ruir praticamente da noite para o dia. A única forma de matar de uma vez por todas essas criaturas é dando um tiro certeiro em suas cabeças. O apocalipse Zumbi, pelo visto, finalmente chegou...

Comentários:
Filme canadense sobre zumbis passado na guerra civil americana. Olhando assim não parece lá muito interessante, com jeito de filme trash. Não é bem assim. Esse terror até que tem seus méritos. É uma produção bem realizada, com ótimas inserções de animações em determinadas cenas, tudo para contar a trágica história de um veterano da guerra que se vê no meio de um mundo devastado, onde poucos sobreviventes tentam lutar contra uma humanidade em vias de extinção. Uma praga, de origem inexplicável, transformou praticamente todos os seres humanos em zumbis ávidos por carne humana. Provavelmente tenha sido algo inventado para a própria guerra, a ser usada nos campos de batalha, só que alguma coisa deu muito errado e a estranha condição se espalhou de forma descontrolada por todo o país. É a tal coisa, se você é fã de séries como "The Walking Dead" certamente vai gostar do filme. De minha parte só não curti mais porque sinceramente falando já estou um pouco farto de mortos-vivos. De todos os tipos de monstros clássicos esse sempre me pareceu o menos interessante, afinal de contas tudo o que fazem é sair se arrastando lentamente por aí em busca de cérebros humanos. Uma criatura um tanto quanto idiota e pouco assustadora. Assim você tem que gostar de filmes de zumbis para apreciar melhor esse "Exit Humanity" - que não é necessariamente o meu caso. Mesmo assim a fita não me desagradou e nem me aborreceu. Com um pouco de boa vontade conseguiu até mesmo me divertir. Assim deixo a dica desse pouco conhecido filme de terror. Não é nenhuma obra prima do gênero, porém é bem feito e tem boas sequências. Vale a pena ao menos conhecer.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário