quarta-feira, 16 de março de 2016

Drácula (1931)


Cena do clássico "Drácula" de 1931. O filme foi dirigido pelo cineasta Tod Browning e se tornou um dos mais icônicos da história do cinema de horror dos Estados Unidos. O diretor Tod e seu grupo de roteiristas (cinco no total) tentaram seguir não apenas o livro original de Bram Stoker como também a peça escrita por Garrett Fort que ao longo dos anos se tornou um dos grandes sucessos dos palcos londrinos. Para interpretar o famoso conde vampiro o estúdio escolheu o ator húngaro Bela Lugosi já que o personagem vampiro original também era do leste europeu (a Romênia onde era localizada a Transilvânia). Como era de se esperar Bela ficou marcado para sempre pelo papel tanto que retornaria a usar a capa do Conde em outros filmes como "A Marca do Vampiro" (onde interpretava um genérico de Drácula chamado Conde Mora) e "A Volta de Drácula", No final da vida, viciado em morfina e outras drogas, Bela aceitaria trabalhar ao lado de Ed Wood, considerado o pior diretor de todos os tempos, em filmes como "Glen ou Glenda?" e "A Noiva do Monstro".


Nenhum comentário:

Postar um comentário