sábado, 23 de abril de 2016

Krampus - O Terror do Natal

Título no Brasil: Krampus - O Terror do Natal
Título Original: Krampus
Ano de Produção: 2015
País: Estados Unidos, Nova Zelândia
Estúdio: Legendary Pictures, Universal Pictures
Direção: Michael Dougherty
Roteiro: Todd Casey, Michael Dougherty
Elenco: Adam Scott, Toni Collette, Emjay Anthony, David Koechner
  
Sinopse:
Max (Emjay Anthony) é um garoto que ainda acredita no espírito de natal. Quando vários familiares chegam em sua casa para a noite de natal ele começa a ser zoado pelos primos por justamente ainda acreditar em Papai Noel, renas e todo o universo mágico natalino. Frustrado por ser o alvo de brincadeiras ele resolve rasgar uma carta que havia escrito para o Santa Claus. Ao jogá-la pela janela algo inesperado acontece. Uma grande nevasca se abate sobre sua cidade, antevendo a chegada do assustador Krampus! Ele vem para punir todos aqueles que esqueceram o verdadeiro espírito de natal. Filme indicado ao prêmio da Academy of Science Fiction, Fantasy & Horror Films na categoria de Melhor Filme de Terror.

Comentários:
Essa criatura, o Krampus, é bem popular no folclore da Alemanha e demais países vizinhos. Ela seria uma espécie de antítese do Santa Claus (o Papai Noel). Enquanto o bom velhinho surge no natal para dar presentes às crianças que se comportaram bem no ano, o Krampus viria para punir as que criaram problemas. Em estados brasileiros, principalmente de forte influência da imigração alemã, ele ainda é bem conhecido das crianças. Para o resto dos brasileiros é um ilustre desconhecido. Idem para os americanos. Mesmo assim os produtores acharam uma boa ideia realizar um filme de terror tendo como principal personagem o tal Krampus. Para isso criaram um monstro que se parece com um tipo de demônio, vindo diretamente das trevas. Chifres e patas de carneiro, vários símbolos de natal pendurados por todo o corpo e uma aparência bem assustadora. O filme nesse aspecto é bem realizado. Temos aqui uma excelente produção, tanto em termos de efeitos digitais como maquiagem, figurino, etc. Como fez uma boa carreira nos cinemas da Europa é bem provável que venha a se tornar uma nova franquia da Universal. O curioso é que o elenco é liderado por um garotinho, o Emjay Anthony. Do resto do elenco apenas a Toni Collette é mais conhecida do público em geral, principalmente por causa da série "United States of Tara". O jovem diretor Michael Dougherty já havia lidado com um tema levemente semelhante em "Contos do Dia das Bruxas", porém aqui realizou um filme bem melhor. Não chega a ser um grande filme em nenhum aspecto, porém como diversão está valendo. Aliás a escolha por realizar algo mais assustador o fez ganhar muitos pontos em seu favor. O humor, quando surge, é bem minimizado. Por essa razão não vá passar o filme para seus filhos pequenos pois corrre-se o risco de deixá-los traumatizados com o que verão. Praticamente nenhum símbolo do natal passa incólume, nem inocentes cookies da vovó. Enfim, esse é aquele tipo de produção que gosto de chamar de "bom filme ruim". Se faz a sua cabeça, aproveite também.

Pablo Aluísio e Júlio Abreu.

Um comentário:

  1. Avaliação:
    Direção: ★★★
    Elenco: ★★★
    Produção: ★★★★
    Roteiro: ★★★
    Cotação Geral: ★★★
    Nota Geral: 7.8

    Cotações:
    ★★★★★ Excelente
    ★★★★ Muito Bom
    ★★★ Bom
    ★★ Regular
    ★ Ruim

    ResponderExcluir